quarta-feira, 30 de abril de 2014

te amo.

"Mas não diz eu-te-amo assim, cuspido ou sem fundamento ou por não saber o que falar. Diz que teve saudades quando sentiu meu perfume em alguma moça por aí, que lembrou de mim ao ouvir aquela canção da Mallu sobre o batom vermelho e que a moça do filme "O lado bom da vida" é doida como eu. Diz que te faço feliz, também, e aí sim acreditarei em eu-te-amo ou coisa assim."

Um comentário:

  1. Lembrei de um momento triste. Quando entrou no ônibus para ir embora, naquele momento senti que era o homem mais feliz do mundo, por ter uma garota linda, que chorava por ter que ficar longe de mim. Depois lembrei do primeiro filme que vimos juntos, daí teve um final feliz. =X

    ResponderExcluir