sexta-feira, 1 de março de 2013

Você errou feio ♥

Não é por vingança, nem por amor. Acontece que a vida cobrou, e cobrou pesado, e eu tive que me defender. Às vezes, a melhor defesa é a fuga, para depois voltar com poder de fogo redobrado. Mulheres se defendem assim, bebê. As vezes a gente tem que ser feminina, delicada, compreensiva e caçar do fundo do baú do coração um instinto materno que temos guardado para o dia de usá-lo da maneira certa. Toda mulher sabe quando os outros esperam dela uma atitude positiva e acolhedora. Mas não é sempre que meu instinto “boa moça” está aflorado e você me errou feio a hora de me ferrar. Não sou adepta de represálias, nem ameaças, mas você vai sofrer. E digo isso despida de qualquer rancor, juro, você é um amor. Mas sei que vai sofrer, chorar, e morrer por dentro porque conheço seu coração. Conheço bem e, por sinal, se não me engano, tem meu nome nele. Então se prepara porque vai doer. Vou entrar nos seus sonhos e cerrar os seus ossos, te deixar paralisado na cama olhando o teto sentindo o fim do mundo se aproximar, subir pela janela, deitar debaixo da sua cama e acabar com as suas noites tranquilas. Eu vou ser o seu arrependimento, neném! Vou acabar com o seu sorriso, seus dentes, sua boca, sua cara, sua cabeça inteira. Vou derreter os seus olhos em sal de lágrima e ninguém vai saber se um dia você viu alguém além de mim. Vai ser tão dolorido, amor! Vou te mandar fotos, vídeos, gravações e transformar seu poder de abstração numa piada sem graça. Você vai me ver com outra pessoa na parede do banheiro, eu beijando outra boca nas bolhas da xícara de café, vai me ver no espelho do elevador, com alguém em todo lugar. Sua imaginação vai ser meu cinema! Não é vingança, juro. Vai ser até bom para você ampliar seu conhecimento sobre sentimentos humanos, esse campo tão abstrato da vida que você acha que conhece tão bem. Eu vou comer seu coração, derrotar as suas defesas e derrubar teu corpo a ponto de você desejar a morte. Sua vida vai ser um corredor vazio, zero portas ou curvas, sem mim. Gostar ou não é uma opção que não lhe cabe, mas posso garantir que vai ser intenso. Você vai ficar espantado com como os olhos podem inchar depois de chorar por muitas horas. Chega a arder, é horrível, marca o rosto e incomoda até para dormir. Sua alma vai andar comigo na bolsa, junto com o estojinho de sombras, o potinho do absorvente interno, o celular e a carteira. Devolvo quando quiser, se quiser, e não aceito cobrança. Mas quero deixar claro, mais uma vez, que não é vingança. Não sou vingativa! O fato é que é sempre bom estar no lugar do outro. É bom pra saber como eu me senti, para saber o quanto dói e o quanto é desnecessário. Como dizia a música: “prepare o teu coração para as coisas que eu vou contar”, porque é uma avalanche de verdades e fatos que você jamais gostaria de saber. Mas vai

Nenhum comentário:

Postar um comentário